Strict-Transport-Security: max-age=63072000; includeSubDomains; preloadFios - como essa técnica pode te ajudar e realizar procedimentos menos traumáticos.

Fios – como essa técnica pode te ajudar e realizar procedimentos menos traumáticos.

 em Estética Orofacial

Os fios de sustentação são capazes de reduzir a flacidez e criar nova sustentação através do reposicionamento de tecidos. Mas a maioria das pessoas que vai até clinicas e consultórios buscando um tratamento para flacidez do rosto ainda não conhece a opção dos fios de sustentação.

A aplicação dos fios é um método bem moderno e eficaz para quem não quer se submeter a uma cirurgia plástica, mas busca uma melhoria e uma harmonização orofacial.

Nesse artigo vamos entender melhor como funciona esse procedimento, por que ele pode ajudar na realização de procedimento menos traumáticos, e dicas para que ele tenha resultado eficaz.

O que é o fio de sustentação.

Os fios de sustentação são desenvolvidos a base de diversas substâncias compatíveis com o tecido humano.
Existem diferentes tipos de fios, usados e desenvolvidos para diferentes necessidades e situações.

O local de aplicação também importa no momento da escolha do tipo de fio, pois a ideia para o rejuvenescimento natural é justamente a vetorização correta dos tecidos e da face.

Existe o fio que não é absorvível pelo organismo, e existem os outros que são absorvidos pelo organismo a partir de uns 7-8 meses, deixando em seu lugar altas quantidades de fibras colágenas que ainda conseguem manter o efeito por mais alguns meses. Eles podem ter vários cm de comprimentos e podem ser lisos, como também podem ter finos cortes que fazem uma aparência de ‘espinha de peixe’ que ajudam a mantê-lo no lugar.
Eles foram desenvolvidos para tracionar e reposicionar os tecidos no lugar de origem.

Para que serve e qual resultado esperado com a aplicação dos fios de sustentação.

Os efeitos da gravidade são um grande incômodo para a maioria das pessoas. Cada vez mais homens e mulheres buscam por tratamentos e opções para melhorar a aparência do rosto, harmonização orofacial e saúde em geral.

A tecnologia está sempre evoluindo em tratamentos estéticos e o fio de sustentação é um dos mais modernos para quem procura reverter os efeitos da gravidade e reestruturar a sustentação dos músculos, principalmente os da face.
A introdução dos fios é um processo minimamente invasivo, o que gera ainda mais interesse nesse tratamento, já que o paciente não precisa passar por processos cirúrgicos que costumam ser mais traumáticos ou com recuperação lenta.

Como o fio é compatível com o corpo humano a recuperação costuma ser rápida.
Ele é indicado para quem tem flacidez leve ou moderada. Esse procedimento também é conhecido como lifting com fios, essa técnica ‘suspende’ a musculatura e reposiciona a pele.
Em pessoas mais jovem é utilizado para prevenir rugas e flacidez no rosto e pescoço.
Para as pessoas mais velhas cujo músculos e sustentação da pele não tem a mesma firmeza ele é indicado junto com outros tratamentos para que o resultado seja melhor.
O material de alguns fios também é capaz de estimular a produção de colágeno.

Quem pode usar?

Pessoas que queiram controlar a flacidez do rosto e pescoço, além de evitar novas rugas e linhas de expressão.
Essa técnica é uma boa opção para pessoas que não podem – ou não tem recomendações – de passar por cirurgias, como pessoas com diabetes, cardiopatas entre outros problemas.

É indicado para qualquer tipo ou tom de pele desde que seja avaliado por um profissional capacitado.
Em alguns casos o fio mais rígido pode ser usado para uma melhora na harmonização orofacial, como por exemplo em técnica para afinar ou empinar o nariz, afinal o rosto, e criar uma aparência mais harmônica. Nesse caso é preciso falar com um profissional mais especializado, como um cirurgião dentista e especialistas em harmonização orofacial.

Como é colocado o fio de sustentação.

O fio deve ser colocado por um profissional apto para a utilizar a técnica além da antissepsia e anestesia local. Profissionais de odontologia com especializações, harmonizadores orofaciais e cirurgiões plásticos estão aptos.
O fio lifting é colocado através de microcânulas que quando retiradas deixam o fio no local desejado, ou seja, suspendendo o tecido flácido e dando mais firmeza a musculatura. É como se fizessem uma ‘costura’ e segurassem a musculatura no local exato desejado.

O fio é implantado na camada profunda da gordura facial e não fica visível externamente.
Um exame clínico e hemograma são necessários para avaliar e assegurar o procedimento. Pessoas com problemas de coagulação ou que tomem algum tipo de medicamente que possam alterar a coagulação precisam fazer exames de coagulação.

Podem ser utilizados de 2 a 14 fios dependendo da necessidade de cada pessoa.
Nos primeiros dias é indicado evitar rir e falar muito até que a recuperação passe. Algumas pessoas podem sentir a presença dos fios por até 30 dias, que é também do próprio processo de sustentação da face que mudou.

É permanente?

Dependendo do tipo de fio e do local de sustentação ele pode durar mais ou não. Mesmo que o fio ainda mantenha a sustentação o tempo também continuará mudando o organismo.

O envelhecimento da pele e reabsorção de gordura óssea darão continuidade ao processo de envelhecimento. Dependendo do organismo o resultado dura mais tempo.

Conclusão:
Como você leu nesse artigo o fio de sustentação é uma nova opção de lifting facial sem cirurgias. Ao contrário da toxina botulínica e ácido hialurônico ele é colocado na camada mais profunda de gordura fixando novamente os tecidos no local, revertendo o efeito da gravidade por mais tempo e evitando novas rugas e deslocamentos.
As vantagens desse tratamento são variadas, desde o tempo de duração até a forma mais leve de aplicação que evita a necessidade de cirurgias mais invasivas. A recuperação rápida também é uma grande vantagem principalmente para quem tem a vida corrida e trabalha fora.
A aplicação dos fios de sustentação pode melhorar não só o aspecto da pele, mas reestruturar e harmonizar o rosto. Aliado a outros tratamentos os fios podem ser ainda mais eficazes.
Lembre-se que antes de optar por algum tipo de tratamento é preciso se consultar com um especialista que possa te indicar o procedimento mais adequado. A aplicação dos fios também precisa ser feita por alguém apto para esse tipo de procedimento.

No próximo artigo vamos falar sobre a Rinoplastia não cirúrgica a fios.